ARTIGO: BackOffice – A “Torre de Controle” do seu e-Commerce.

Samuel Gonsales, Head de Produtos na Millennium Network ® Brasil aponta algumas dicas que uma empresa deve ter na escolha de um BackOffice para seu e-commerce. Confira:

 

  • O BackOffice deve permitir aceleração das mudanças, utilizando, por exemplo, conceitos de BPM, onde seja possível “desenhar’ os processos particulares da empresa de forma que a cada mudança no desenho o sistema BackOffice interprete a mudança sem a necessidade de uma customização;

 

  • Realizar a análise de risco das operações com cartões de crédito e débito, guardando em seu banco de dados os resultados de cada uma das análises, criando um histórico consistente das análises;

 

  • Ser um sistema multicanal, ou seja, acompanhar todas as operações da empresa, sejam elas geradas através do e-commerce, através de lojas de varejo físicas, de representantes externos, de franquias, etc;

 

  • Criar e dar manutenção a múltiplas vitrines de produto do e-commerce a partir do sistema BackOffice, de forma que a gestão das vitrines fique centralizada e permita a geração de relatórios especificos;

 

  • Ter opção de gerenciar o frete automaticamente; e ter integração com transportadores que permita acompanhar o andamento da entrega das mercadorias e ter informações em tempo real;

 

  • Realizar a complexa e tão necessária gestão de armazéns WMS e permitir aplicações em coletores de dados para separação e conferência de mercadorias e também para inventários;

 

  • Deve ter uma suíte de decisão com a possibilidade do usuário gerar seus próprios relatórios em tabelas, listas e gráficos, 3 criação de cubos de decisão multidimensionais, a criação de indicadores de performance que permita várias visões distintas do negócio em uma única tela e um agendador de envio de relatórios por e-mail para facilitar as tomadas de decisão.

 

No Brasil…
A maioria das operações de BackOffice no Brasil ainda está se especializando. Com o crescimento acelerado do e-commerce no país e o aumento da competitividade, muitas empresas estão sendo desafiadas por concorrentes com menores preços e ofertas mais atraentes. Segundo Samuel Gonsales, para se manter à frente no mercado muitas empresas estão investindo em soluções para aumentar sua eficiência operacional e assim garantir vantagens competitivas sobre a concorrência e aumentar seus lucros.

 

“Para aumentar o lucro e alcançar eficiência operacional, as empresas precisam conhecer melhor seus processos de negócio e evoluir na gestão eficiente desses processos, portanto o Back Office é uma excelente opção para essas empresas”, afirma.


 

Matéria originalmente veiculada no site da Revista Wide.

Link para a matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *